sábado, 30 de abril de 2011


O Tamanduá-bandeira (Myrmecophaga tridactyla) é uma espécie de mamífero antigo, que sobrviveu a várias eras no continente sul americano, é da ordem dos Desdentata, mamíferos que não possuem dentes. Se alimentam de insetos de colônias, como formigas e principalmente cupins, que com suas poderosas garras de 15 cm na pata dianteira, abrem os duros cupinzeiros, engolindo com sua cumprida língua pegajosa. São animais crepusculares, são inofensivos, e fogem ao ouvirem o menor perigo, sua visão não é boa, porém dispõe de um excelente olfato e audição. Os tamanduás-bandeira é uma espécie em extinção no Brasil, é vulnerável e dependente dos cupinzeiros e formigueiros para sobreviver, nos campos nesta região, muitas vezes morrem de fome, pois agricultores muitas vezes retiram todos os cupins das pastagens, ou morrem nas queimadas ilegais da cana-de-açúcar, as rodovias também contribuem para sua extinção, assim como pessoas que os matam por matar. Eles se reproduzem apenas uma vez ao ano, tendo apenas um filhote, o que agrava sua situação, pois demoram pra chegar a idade adulta e suas populações podem ser facilmente afetas ou mesmo extintas em muitas áreas, que é o que infelizmente vem acontecendo silenciosamente nesta região.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visitantes desde Fevereiro de 2010