sábado, 30 de abril de 2011


Pontos fixos são ótimos para a observação da vida selvagem, principalmente para aves de rapina e outras aves em geral. É preciso muita paciência e disciplina para ficar horas em meio a natureza, em completo silêncio para poder registrar os comportamentos dos animais, é possível fazer belas imagens e obter informações importantes para a conservação. Descobrir os melhores locais, saber os odores que podem denunciar tipos de mamíferos a insetos, assim como uma infinidade de sons que os animais se comunicam, é uma aprendizado que leva tempo. Costumo dizer que "Avatar" é aqui, mundo dentro de mundos para serem descobertos, sem qualquer interferência humana, é preciso ter respeito, perante a terra, saber que todos somos iguais perante a ela. A natureza é humilde, cruelmente bela e sábia, nesta fotografia havia fixado este ponto para observar aves de rapinas, e pude observar algumas como:

(Falconiformes), falcão quiriquiri (Falco sparverius), falcão-peregrino (Falco peregrinus) este migrante, falcão-de-coleira (Falco femoralis), carcará (Caracara plancus), carrapateiro (Mivalgo chimachima), acauã (Herpetotheres cachinnas), falcão-relógio (Micrastur semitorquatus) este florestal, entre outras espécies como Gaviões (Accipitriformes) como o Gavião bello (Busarellus nigricollis), gavião caboclo (Heterospizia meridionallis), gavião preto (Buteogallus urubitinga), gavião carijó (Rupornis magnirostris), gavião-de-cauda-curta (Buteo brachyurus), gavião-de-rabo-branco (Buteo albicaudadus), gavião peneira (Elanus leucurus), gavião pernilongo (Geranospizia caerulescens), gavião caramujeiro (Rostrhamus sociabilis) e mesmo os ameaçados de extinção como o gavião do banhado (Circus buffoni) e o gavião-pega-macaco (Spizaetus tyrannus), esta última espécie de maior porte relacionada exclusivamente a áreas florestais. Além destas espécie os urubus (Cathartiforme) como o urubu-de-cabeça-preta (Coragyps atratus) e o urubu-de-cabeça-vermelha (Cathartes aura) a maior envergadura de ave no local, cerca de 2m.

(Foto Amanda C.B. Damiani).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Visitantes desde Fevereiro de 2010